regras-transito-criancas

regras-transito-criancas

Cada idade demanda uma necessidade e um aprendizado específico sobre segurança. À medida que as crianças crescem e adquirem mais independência, aumenta a necessidade de novos conhecimentos, os quais devem ser passados pelos pais, na tentativa de que esta independência seja mais segura possível.

Os acidentes de trânsito representam a segunda maior causa de morte entre as crianças no Brasil. Deste total, cerca de 45% são causados por atropelamentos. Por semana, cerca de vinte crianças ou jovens sofrem ferimentos ou morrem por causa de atropelamentos nas ruas de nosso país. Em 2014 mais de 6 mil crianças foram hospitalizadas por causa de atropelamentos no Brasil. Considerando isso, a PersonalPed traz para as famílias dicas valiosas no cuidado e ensinamentos para as crianças na prevenção dos atropelamentos.

Cada dinâmica familiar é diferente, as locomoções entre casa-escola-trabalho-atividades dependem de distância e disponibilidade dos pais para conduzir as crianças em seus deslocamentos. É importante que os pais ensinem seus filhos a andarem nas ruas, e sempre a melhor maneira de ensinar é ser o exemplo: atravessar a rua olhando dos dois lados, respeitar faixa de pedestres, manter sempre a calma e o respeito entre motoristas e pedestres, entre outras coisas.

Seguem as principais dicas da PersonalPed na educação infantil na prevenção de atropelamentos :

  • Crianças menores de dez anos devem sempre andar na rua acompanhadas de um adulto. Crianças menores devem ser seguras firmemente pela mão ou punho. É importante saber: crianças menores de 10 anos tem dificuldade de julgar a velocidade dos carros, a distância entre eles e localizar corretamente a origem dos sons de transito;
  • Ao caminhar nas calçadas mantenha a criança do lado oposto do trânsito, ou seja, o adulto deve ficar do lado da calçada onde passam os carros. O ideal é sempre caminhar de frente ao trafego, ou seja, no sentido contrário dos veículos – isso facilita ver e ser visto;
  • Olhar para os dois lados antes de atravessar a rua deve ser reforçado da seguinte maneira: deve-se olhar várias vezes antes de atravessar, não somente uma vez. Além disso, é importante permanecer olhando para os dois lados durante o trajeto de atravessar a rua;
  • Sempre utilizar a faixa de pedestres e mesmo utilizando ensinar a olhar para os dois lados várias vezes. Quando um veículo parar para permitir atravessar a rua, sempre fazer contato visual com o motorista para ter certeza de estar sendo visto;
  • Nunca atravessar a rua por entre os carros ou por detrás deles. Muito cuidado com estacionamentos de comércios de rua onde os carros saem de ré, sempre observar se o carro esta ligado ou a luz de ré está acesa (muitas vezes não enxergam crianças passando atrás dos veículos pela altura delas);
  • Entradas de garagens, quintais sem cerca que dão direto para rua e estacionamentos não são lugares para as crianças brincarem;
  • Cuidado sempre ao sair de casa: as crianças às vezes saem e querem se despedir dos pais que vão trabalhar e permanecem atrás dos carros;
  • A educação no trânsito deve ocorrer sempre. Fazer com que as crianças entendam e estudem os sinais de trânsito é obrigação dos pais com os filhos desde pequeno;
  • Sejam sempre exemplos: sem agressões verbais no trânsito, respeitem pedestres e outros motoristas. Quando a criança está na cadeirinha ela está sempre observando o comportamento dos motoristas em ação;

 

A prevenção é sempre a melhor medida contra acidentes de trânsito.

 

Escreva um comentário:

*

Seu e-mail não será publicado.

© 2019 - PersonalPed | Todos os direitos reservados